0 items0.00

Nenhum produto no carrinho.

Categoria: Moedas de Coleção

Moedas de Coleção

A mostrar 1–16 de 19 resultados

  • Moeda de Coleção 5€ Portugal 2021 – A arte da Laca

    A Arte da Laca (Portugal e Japão)

    João Fazenda

    Em 1543, três portugueses chegaram à ilha de Tanegashima, tornando-se os primeiros europeus a contactar com a Terra do Sol Nascente. Desde logo, Portugal e Japão influenciaram-se mutuamente em diversas áreas, das técnicas às artísticas, e mantiveram intensas relações comerciais. Uns dos artigos japoneses com mais procura eram as famosas peças em laca (urushi), criadas por mestres artesãos usando uma técnica tão antiga quanto complexa.

    Limite de Emissão: 25000
    Metal: Cuproníquel
    Diâmetro: 30,00 mm
    Diâmetro: 30,00 mm

    FONTE: INCM

    Adicionar
  • Moeda de Coleção 5€ Portugal 2021 – Cavalo Marinho

    Os cavalos-marinhos são muito diferentes de todos os outros peixes: nadam com o corpo na vertical, passam a maior parte do tempo parados e movimentam-se com vagar. Existem cerca de 50 espécies em todo o mundo e em Portugal encontramos duas variedades — o Hippocampus guttulatus (cavalo-marinho-de-focinho-longo) e o Hippocampus hippocampus (cavalo-marinho-de-focinho-curto) —, sobretudo nas pradarias marinhas da Ria Formosa. Medindo entre 12 e 15 centímetros, em geral, vale a pena conhecer melhor estas criaturas enigmáticas. A versão de acabamento proof desta moeda de coleção tem alguns apontamentos de cor.

    Ler mais
  • Dinheirosaurus lourinhanensis não é uma espécie inventada pela Casa da Moeda, foi um dinossauro que realmente existiu em território português no Jurássico Superior. No anverso desta moeda de coleção, vemos as vértebras articuladas do Dinheirosaurus lourinhanensis, um trilho de pegadas e a silhueta do dinossauro afastando-se, remetendo para uma ideia de passado; no reverso, o gigantesco saurópode surge em grande plano, integrado no seu ambiente natural, como se estivesse bem presente. Afinal, à sua maneira, continua a estar

    Adicionar
  • Sobrescrito Moeda 500 Anos do Correio em Portugal

    Contem os 5 selos mais a moeda de 5€ correspondente aos 500 anos do correio em Portugal

    Adicionar
  • O preço da audácia.
    Foi na ilha de Mactan, nas Filipinas, que Fernão de Magalhães viveu os seus derradeiros momentos, pagando com a vida o preço da sua audácia. Contudo, a morte do navegador não pôs fim à epopeia, que veio a ser concluída em 1522 por Sebastián Elcano. Em 2022, a Casa da Moeda emitirá a quarta e última moeda, dedicada à etapa final da viagem de circum-navegação, ficando concluída esta série comemorativa.

    Moeda em Alvéolo de Agrafar.

    Estado: UNC

    Adicionar
  • A primeira moeda desta série, da autoria do ilustrador André Carrilho, é dedicada a Eusébio da Silva Ferreira, também conhecido pelo epíteto de «Pantera Negra» ou «King», uma lenda do futebol mundial, herói do Campeonato do Mundo de 1966, campeão europeu pelo Benfica na época de 61/62 e duas vezes «Bota de Ouro», em 1968 e 1973.

    Valor Facial: 7.50 Euros

    Metal: Prata 500/1000

    Diâmetro: 33.00 mm

    Limite de Emissão: 100000

    Peso: 13 g

    Adicionar
  • Com o intuito de colocar em evidência alguns elementos da cultura tradicional que compõem a nossa identidade, a INCM, em colaboração com o Museu Nacional de Etnologia, criou a série de moedas de coleção intitulada «Etnografia Portuguesa».
    A quarta moeda desta série, da autoria da escultora Baiba Šime, é alusiva ao «Figurado de Barcelos», originais figuras de barro cozido e pintado que nascem da genial criatividade dos mestres artesãos.

    Valor Facial: 2.50 Euros

    Metal: Cuproníquel

    Diâmetro: 28.00 mm

    Limite de Emissão: 75000

    Peso: 10 g

    Adicionar
  • Dando continuidade ao ciclo alusivo às «Idades da Europa», que reflete alguns dos mais importantes movimentos artísticos europeus, a série Europa, em 2017, tem por tema a Idade do Ferro e do Vidro.
    A moeda portuguesa, da autoria do designer Eduardo Aires, é inspirada na entrada do antigo Palácio de Cristal, no Porto, uma construção em granito, ferro e vidro, inaugurada em 1865 e demolida em 1951.

    Valor Facial: 5.00 Euros

    Metal: Cuproníquel

    Diâmetro: 30.00 mm

    Limite de Emissão: 60000

    Peso:10 g

    Adicionar
  • A série Ídolos do Desporto, que presta homenagem às grandes figuras do desporto português, prossegue este ano com uma moeda desenhada pelo ilustrador André Carrilho dedicada a Carlos Lopes, uma referência no atletismo de longa distância, que conquistou a medalha de prata nos 10 mil metros nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976, e a medalha de ouro na maratona nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, batendo então o melhor tempo olímpico da prova.

    Valor Facial: 7.50 Euros

    Metal: Prata 500/1000

    Diâmetro: 33.00 mm

    Limite de Emissão: 65000

    Peso: 13 g

    Adicionar
  • Dando continuidade ao ciclo alusivo às «Idades da Europa», que reflete alguns dos mais importantes movimentos artísticos europeus, a série Europa, em 2018, tem por tema o Barroco, um estilo artístico que se distingue pelo esplendor e pela exuberância e que teve o seu auge nos séculos XVII e XVIII.

    Data de Lançamento:
    Abril de 2018

    Valor Facial: 5.00 Euros

    Metal: Cuproníquel

    Diâmetro: 30.00 mm

    Limite de Emissão: 60000

    Peso: 14 g

    Adicionar
  • Moeda de Coleção 2,50€ – Portugal 2018

    Em 2018, a Rússia acolheu a fase final 21.ª edição do Campeonato do Mundo de Futebol, uma competição organizada sob a égide da FIFA, que juntou 32 nações dos cinco continentes em torno daquele que é considerado o «desporto rei».
    A estreia de Portugal nesta fase final aconteceu frente à Espanha, a 15 de junho. O Jogo terminou empatado a 3 bolas. Em baixo podem ver o resumo deste jogo. A Seleção vencedora desta edição foi a Francesa.
    Para assinalar este grande evento desportivo, a Casa da Moeda cunhou uma moeda de coleção comemorativa com o valor facial de 2,50 Euro da autoria do escultor João Duarte.

    Adicionar
  • Entre os dias 12 de junho e 12 de julho deste ano estava prevista a realização da 16.ª edição do Campeonato Europeu de Futebol , onde uma das 24 equipas em competição seria a nossa Seleção Nacional, a atual campeã em título.
    A pandemia causada pelo Covid-19 levou ao adiamento da competição, mas a Casa da Moeda cunhou, ainda este ano, uma moeda de coleção para celebrar este grande acontecimento desportivo assinada pelo ilustrador André Carrilho.

    Moeda muito procurada devido ao facto do evento ter sido adiado.

    Adicionar
  • ÍDOLOS DO DESPORTO – JOAQUIM AGOSTINHO (NORMAL)
    Dando continuidade à série Ídolos do Desporto, que presta homenagem às grandes figuras do desporto nacional, surge este ano uma moeda dedicada a Joaquim Agostinho, considerado por muitos o melhor ciclista português de todos os tempos.
    Venceu a Volta a Portugal por três vezes, foi 2.º classificado numa Volta a Espanha e, por duas vezes, ficou em 3.º lugar no Tour de France. Uma fatídica queda de bicicleta na Volta ao Algarve colocou um ponto final numa carreira de 16 anos iniciada em 1968, fazendo nascer uma lenda, agora imortalizada numa moeda de coleção da autoria do escultor Vítor Santos.

    Adicionar
  • TUBERARIA MAJOR (NORMAL)
    A série Espécies Ameaçadas, uma série de moedas de coleção criada pela Casa da Moeda com o intuito de promover o conhecimento e a preservação das espécies em perigo da fauna e flora nacionais, conta este ano com a emissão de uma moeda dedicada ao Alcar-do-Algarve, desenhada pela ilustradora Catarina Sobral.
    O Alcar-do-Algarve (Tuberaria major) é uma planta vivaz, de pequenas dimensões e floração amarela. Trata-se de uma espécie endémica nacional distribuída ao longo do litoral algarvio, abrangendo os concelhos de Faro, Olhão e Loulé. Fruto da crescente pressão urbanística, esta espécie encontra-se atualmente classificada como «Em Perigo».

    Adicionar
  • O TREVO DE QUATRO FOLHAS (NORMAL)
    A série Espécies Ameaçadas, uma série de moedas de coleção criada pela Casa da Moeda com o intuito de promover o conhecimento e a preservação das espécies em perigo da fauna e flora nacionais, conta este ano com a emissão de uma moeda, da autoria de Catarina Sobral, dedicada ao Trevo de Quatro Folhas (Marsilea quadrifolia), uma espécie vegetal semiaquática, que ocorre sobretudo nas áreas ribeirinhas, encontrando-se atualmente em estado crítico e acentuada regressão em Portugal, devido à alteração e destruição do seu habitat.
    Parte da receita gerada por esta moeda reverte para um fundo ambiental designado pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

    Adicionar
  • SARDINHA (PRATA PROOF)
    A gastronomia é um dos elementos mais marcantes da cultura dos povos, com reconhecido impacto na economia e no turismo, mas também na forma como nos relacionamos socialmente, partilhando saberes, tradições e rituais em torno de cada prato. Afinal também «somos aquilo que comemos».
    Para celebrar a variedade e a riqueza da cultura e da gastronomia portuguesa, a Casa da Moeda criou a série Sabores de Portugal, que inaugura com uma moeda alusiva à sardinha assada, um prato tradicional muito apreciado e sempre presente nas festas populares. Esta moeda de coleção é assinada pelo designer Jorge Silva, criador das icónicas «Sardinhas de Lisboa».

    Adicionar